LEIS DIVINAS




Todas as leis da Natureza são leis divinas, pois Deus, todo poderoso, é o autor de todas as coisas. São leis eternas, imutáveis, não estão sujeitas ao tempo, nem à circunstância, contudo tenham em si o elemento do progresso. Afinal, o sábio estuda as leis da matéria, o homem de bem, as da alma e, segue-as.

Enquanto umas regulam o movimento e as relações da matéria bruta: são as leis físicas; seu estudo pertence ao domínio da Ciência alinhada às essências que correspondem aos resultados especulados. Outras concernem especialmente ao homem e às suas relações com Deus e com os seus semelhantes.

Os dez mandamentos, como inspiração espiritual ordenada, refere-se aos mais elementares regulamentos humanos para a boa convivência.

Afinal, respeitar e honrar pai e mãe, não furtar, não pecar, não matar, não levantar falso testemunho, não cobiçar coisas alheias e, amar a Deus e a seus semelhantes, são os princípios mais dignificantes da existência humana.

Em relação ao homem, a lei já não é mecânica nem instintiva, senão moral. Obriga a vontade, mas deixando ao livre-arbítrio a escolha entre o bem e o mal: de outro modo não se compreenderia nem o mérito nem o demérito. A lei moral natural nada mais é, pois, do que a lei eterna, enquanto esta tem por objeto a regulação da atividade humana.

Já com relação as leis naturais, da natureza, não se pode confrontar sem receber imediatamente o resultado de nossa ação, ou seja a reação. Por exemplo, a gravida-de nos mantém junto à terra, ou seja, pulando de um prédio qualquer, sempre se chegará ao chão. Ainda, quando se considera o distanciamento do chão, a reação poderá ser fatal.

Então, de modo geral, as leis são impositivas, reativas às circunstâncias, reguladoras e disciplinadoras.

As leis divinas são o que são, além de inspiradoras, motivam as pessoas, suas almas e seus espíritos.

Quem vive sob a égide das leis de Deus, desfruta do paraíso em toda sua existência, quer seja na terra ou no céu infindável...



 

ANUNCIAR - http://drclaudiocesar.net/promoes


14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo