NOTÍCIAS

Comendador Dr. Cezar Freitas tem liderança reconhecida nacionalmente

Em noite de gala, na capital paulista, a Associação Brasileira de Liderança promoveu evento que destacou cerca de cem pessoas e empresas, em várias áreas de atuação, entre os melhores do Brasil em 2014. O evento aconteceu no Círculo Militar de São Paulo, Rua Abílio Soares, 1589, Bairro Ibirapuera, às 19h, dia 19 de novembro.

O público presente formado por destaques, convidados e familiares encheram o salão com aproximadamente quinhentas pessoas.

A entidade promotora da solenidade tem como principal objetivo incentivar e promover a qualidade total em todos os seus aspectos fomentando o reconhecimento público do caráter  e credibilidade daqueles que intensificam  e buscam primazia e fundamentalmente se classificam entre os melhores do país. Assim, a BRASLIDER coroa os homenageados considerados distintos em seu segmento de atuação, responsabilidade social, capacidade de empreender a excelência de seus trabalhos realizados e agradece com honrarias pelo brilhante serviço prestado a sociedade, contribuindo, também, para que atinjam os mais elevados patamares sociais.

 Neste ano, o presidente da PoaTV ( TV Porto Alegre, RS), Dr. Cláudio Cezar Freitas, foi um dos homenageados e ocupou lugar de destaque junto às autoridades que compuseram a mesa na solenidade que lhe conferiu o título de “Comendador Jornalista Dr. Cláudio Cezar Freitas” e, o prêmio “ Excelência e Qualidade Brasil 2014 em Comunicação”.

Em seu discurso, ele agradeceu a Deus pela oportunidade e parabenizou o presidente  Moises Hartmann Almeida e sua esposa Débora Cristina Hartmann Almeida pelo maravilhoso e emocionante momento; saudou a todos e com destaque aos demais integrantes da mesa. Após, seguiu falando de sua alegria e felicidade de compartilhar com todos os presentes, amigos, funcionários, colaboradores e familiares a ocasião especial que consagrou sua trajetória de trabalho e dedicação.

” Sinto-me honrado em receber esta distinção e ser de certa forma exemplo de realização. Então, como proposto vou abordar sobre a importância do reconhecimento das lideranças em nosso país.

Segundo George Terry, Liderança é a atividade de influenciar pessoas fazendo-as empenhar-se voluntariamente em objetivos de grupo; este pensamento define uma característica fundamental para o exercício da liderança, ou seja, ação que uma pessoa exerce sobre as outras; vale ressaltar que aqui se fala no sentido positivo e progressista da palavra.

Assim, uma organização bem sucedida possui uma característica marcante que diferencia das demais organizações: uma liderança dinâmica e eficaz.

 A liderança, portanto, exercida de maneira proativa colabora significativamente  no progresso material e espiritual das pessoas.

Nesse aspecto valorizar e motivar dando ênfase aos atributos construtivos das lideranças contribui para que se processem no país os mais fundamentais efeitos assertivos em nossa sociedade, deste modo o bom exemplo deve ser replicado, fomentado e valorizado plenamente. Por isso, quero agradecer a Associação Brasileira de Liderança pela iniciativa e pelo compromisso de destacar  e reconhecer pessoas que expressam um singular tributo social, especialmente por estar inserido entre elas”, discursou o presidente da emissora de Porto Alegre.

Dr. Cláudio Cezar Freitas, presidente e coordenador-geral de jornalismo  da PoaTV – A TV de Porto Alegre, tem como  missão o compromisso de comunicar com qualidade e fomentar a produção local, de modo plural e democrático.  Visionário e eficaz nas ações de planejamento desenvolve projetos de expansão, dentro da sua área de atuação, procurando difundir a cultura, os costumes e tudo que agrega valor a sociedade gaúcha e porto-alegrense, de forma diferenciada e profissional. Ele é jornalista com pós- graduação e ênfase em jornalismo político e social, MBA em Comunicação e Semiótica, Especialista em Marketing e Propaganda, Radialista, Doutor em Teologia . Ainda, possuí uma série de cursos de atualização e extensão em línguas e comunicação; nas áreas do direito, da política e do esporte.

 Na televisão, também, apresenta diariamente programas jornalísticos de entrevistas e noticioso.

 

Coquetel em comemoração aos 18 anos da TV Porto Alegre

O coquetel em comemoração aos 18 anos da PoaTV, realizado em Porto Alegre, no último dia 25 de novembro, na Associação Hebraica, foi aberto pelo cerimonialista Andi Alves. Após as boas-vindas em nome da direção discursaram sobre os aspetos da jornada da emissora: “A PoaTV passou por uma série de transformações e amadurecimento profissional e, hoje alcança uma posição importante, com picos de audiência significativos, em uma programação diversificada e de qualidade. São cento e sessenta e oito horas semanais ininterruptas; sendo cerca de noventa horas e cinqueta minutos de programas locais, incluindo os jornalísticos; vinte e três horas de produção nacional e cinquenta e quatro horas de filmes e séries consagrados internacionalmente, ou seja, quase setenta por cento de produção exclusivamente nacional. O quê nos coloca em situação bem acima do usual no cenário televisivo brasileiro.  

 Somos uma emissora  jovem com potencial de crescimento com uma administração e um corpo funcional muito eficiente e eficaz em suas ações diárias. Além disso, contamos com parceiros e colaboradores que fazem parte da grande família da PoaTV , que somam aos esforços mais dinamismo e abrangência. Por isso, temos muito a comemorar.”

 A seguir, solicitaram a presença do presidente e coordenador-geral de jornalismo, Comendador Dr. Cezar Freitas. Ele se dirigiu aos presentes agradecendo pela presença de todos e a Deus por lhe propiciar um encontro festivo tão proativo  e edificante. Em seu discurso destacou: “ A PoaTV desde o dia vinte e três de outubro está comemorando os dezoito anos de existência e, você com certeza é o grande homenageado por esta conquista da sociedade porto-alegrense.

 A nossa emissora, que você assiste no canal seis da NET, na rede deceu a todos  pela atenção.

mundial através da www.poatv.net, www.poatv.tv, www.poatv.org e, no celular nos mesmos endereços, está apresentando uma série de eventos comemorativos até o final deste ano e ao longo do ano que vem, para celebrar as grandes realizações alcançadas pela televisão que muito cresce e expande seus horizontes no país e no mundo.

 A PoaTV foi a primeira emissora no Brasil, no seu nicho de atuação, a transmitir de maneira colaborativa  e independente programas produzidos para comunidade na televisão.

A criação da emissora foi fruto de aspirações de diversos segmentos da sociedade civil que por meio de entidades não governamentais e de diversos colaboradores da área da comunicação, organizou-se para essa conquista.

 A pluralidade no contexto social, o anseio democrático de expressar de forma livre e respeitosa, através desse veículo televisivo, foi o mote que norteou o firme propósito dessa iniciativa institucional e coletiva.

 Hoje, a PoaTV conta com uma programação variada, com vinte e quatro horas de exibição ininterrupta, que valoriza a produção local e nacional sem esquecer das produções que marcaram época e permeiam o imaginário de muitos telespectadores.

 São cerca de trezentos profissionais envolvidos com a emissora direta e indiretamente realizando com empenho e qualidade tudo que você acompanha nessa fascinante telinha.

 Por isso na qualidade de presidente e coordenador-geral de jornalismo da PoaTV, em nome dos nossos dedicados funcionários, colaboradores, conselheiros e demais dirigentes, convidamos a todos para compartilhar com alegria este momento tão especial”, finalizou com um sorriso e, após ser fortemente aplaudido, agradeceu a todos  pela atenção.

Assembleia Legislativa do RS concede medalha e diploma ao jornalista Cláudio César

 

O evento em comemoração aos 18 anos da PoaTV, em noite de muita emoção, realizado em Porto Alegre, no último dia 25 de novembro, culminou com a entrega da medalha comemorativa, feita pelo Deputado Cassiá Carpes em nome da “Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul”, ao presidente da emissora, Comendador Jornalista Dr. Cláudio Cezar Freitas.

O deputado salientou os desafios vencidos e o grande sucesso que a emissora alcançou nestes últimos anos, bem como, o papel de relevância social que desempenha na sociedade gaúcha.

O presidente da emissora agradeceu com veemência a honraria recebida e destacou a posição da PoaTV no cenário gaúcho e porto-alegrense, dentro dos princípios que norteiam o fomento à produção local e nacional, nos aspectos da qualidade e do empenho de profissionais que vestem “ a camiseta” da televisão de Porto Alegre.

Seminário de Programação em Brasília DF

 

Na tarde de cinco de novembro, em Brasília, iniciou o seminário de Programação da Linha de Produção de Conteúdos destinados às TVs Públicas do Fundo Setorial do Audiovisual. Os debates foram orientados para a formulação de editais de fomento da nova linha de investimentos que vai disponibilizar R$ 60 milhões para o estímulo à produção de conteúdos destinados à veiculação nas TVs Públicas. O evento, que mobilizou representantes de quase 200 canais de programação e emissoras dos segmentos comunitário, universitário, educativo e cultural do campo público de televisão, foi realizado pela ANCINE, pela Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura ( MinC) e pela Empresa Brasileira de Comunicação (EBC); e seguiu durante todo dia seis de novembro.

O Presidente da PoaTV (TV Porto Alegre), Dr. Cezar Freitas, enfatizou a importância da discussão para o desenvolvimento do setor e planejamento da aplicação dos recursos da nova linha de investimento do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA).

A linha inédita de fomento do FSA faz parte de um dos quatro eixos do programa do governo federal “Brasil de Todas as Telas” lançado em julho deste ano.

Segundo explicou o presidente Cezar, o seminário discutiu a chamada pública que anunciará, por meio de cinco editais regionais, as faixas de programação das obras em teledramaturgia, animação e documentário, sendo R$ 12 milhões para cada região.

Na sua avaliação o seminário foi o primeiro passo, que traz muitas esperanças para o desenvolvimento regional e local das TVs do campo público estatal e não estatal. Ainda, segundo ele será fundamental adequar o orçamento visando investimentos também na operação de VT para exibição destas produções que requerem investimentos de monta pecuniária muito importante, especialmente nas televisões locais voltadas à comunidade.

Além dos dirigentes das emissoras públicas, também participam do seminário intelectuais e profissionais do mercado do audiovisual. O seminário estruturou-se a partir de um estudo georreferenciado que relaciona presença territorial e grades de programação dos canais e emissoras do campo público de televisão.

 

Uma programação pensada pelas televisões públicas e demandada por elas. A parceria entre a Agência Nacional de Cinema (Ancine), a Secretaria do Audiovisual (SAV- MinC) e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) para uma nova linha de financiamento de conteúdo para a rede pública foi discutida em seminário hoje (18), no 47º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.

A linha de crédito, que faz parte do projeto Brasil de Todas as Telas, é resultado de um trabalho de dois anos. A ideia é que as TVs possam avaliar o que desejam colocar em suas grades de exibição e demandar projetos específicos - voltados para o público - aos produtores independentes. TVs educativas, comunitárias e educacionais também participam. “Parte de uma demanda de programação, e é um convite que as instituições do governo brasileiro estão fazendo a essas televisões para participarem das políticas de fomento de audiovisual”, explica o secretário de Políticas de Financiamento da Ancine, Paulo Alcoforado.

O debate teve a participação do diretor-geral da EBC, Eduardo Castro. Ele explicou que a ideia da linha é conciliar interesses e características dos envolvidos com os requisitos para o financiamento, para que o material produzido possa ser entregue ao público. “A TV Brasil já trabalhou com o Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), só que agora a gente conseguiu encontrar esse mecanismo que vai ser um pouco mais perene e conseguir entregar mais prateleira para a televisão, produtos específicos, e mais: pensados para a TV pública, comunitária, educativa e cultural. Essa é a grande novidade” disse.

No processo, Eduardo Castro disse que a EBC pretende ser indutora da produção. “Uma das características principais dessa linha [de recursos] é a de ser regionalizada para buscar, nas cinco regiões, conteúdo da produção independente para as redes públicas”, destacou.

O próximo passo é identificar e fazer levantamento dos interesses de programação da rede pública. Um estudo está sendo feito com cerca de 200 emissoras. Em novembro próximo havererá um encontro para determinar as demandas que vão guiar a produção dos editais. O financiamento do FSA vai cobrir 100% do projeto demandado ao produtor independente. A projeção é que sejam destinados R$ 12 milhões por ano para cada região do país. “O dinheiro vem da Ancine, que atende às necessidades da televisão à medida em que as TVs dizem o que querem de programação. As emissoras recebem o produto, que é o resultado do trabalho feito com o dinheiro”, acrescentou o diretor da EBC.

Depois de seis meses o produtor poderá veicular o material em outros canais, além do demandante, o que não fecha as portas para veiculação do material em televisões privadas, por exemplo. Outro ponto importante destacado é a possibilidade de capilarizar o material. “As TVs públicas conseguem fazer com que essa linha seja onipresente, de modo a regionalizar o investimento do FSA e convidar as pessoas de todas as regiões para participarem”, diz Paulo Alcoforado.

Márcio Curi, produtor e diretor, que estava na plateia, aproveitou a oportunidade para tirar dúvidas. Para ele, as políticas que vêm sendo apresentadas, voltadas para a regionalização, apontam uma boa direção. “Essas linhas que vão envolver a EBC e as emissoras públicas, na busca por conteúdo de produção independente local, é uma coisa nova e extremamente auspiciosa. Gostei”. Ele destacou ainda que o estudo feito com relação às demandas vai direcionar os projetos a serem desenvolvidos.

 

CONSELHO MUNICIPAL

DE COMUNICAÇÃO

 Na manhã do dia 29, na Câmara Municipal de Porto Alegre, a Comissão de Educação, Esporte, Cultura  e Juventude realizou mais uma audiência pública para debater sobre o  projeto de lei que trata do Conselho Municipal de Comunicação na capital gaúcha. Os integrantes da mesa presidida pelo vereador João Derly, composta pelos parlamentares  Sofia Cavedon, Any Ortiz, Kevin Krieger, Tarciso Flecha Negra e representantes do Gabinete Digital do governo do Estado, dos jornais de bairro, de Tvs públicas não estatais, Sindicato dos Jornalistas do RS e da Associação dos Profissionais de Comunicação de Porto Alegre, motivadora do pleito, concordaram com a importância da criação de um conselho como norteador de políticas para área que detém fundamental papel na sociedade civil.

 Durante o debate foi proposta a criação de um Fórum Municipal de Comunicação, que obteve a simpatia e apoio de todos e, servirá como instrumento para adequar demandas e interesses dos cidadãos porto-alegrenses dentro desta área.    

 Rita Becco, presidente da Associação dos Profissionais de Comunicação da Prefeitura de Porto Alegre (Ascompoa), argumentou que a ideia é transformar o fórum em um canal permanente de debate até que o Executivo municipal desarquive o projeto que regulamenta o Conselho Municipal de Comunicação. Ainda, explicou que o projeto da regulamentação foi arquivado na Câmara em 2005.

 O presidente da TV Porto Alegre, PoaTV, também presidente da ABCCOM RS ( Associação Brasileira de Canais Comunitários do Rio Grande do Sul), Rede Sul de Comunicação, Dr. Cezar Freitas, protestou e reivindicou apoio do governo municipal para a emissora que coordena, no que tange ao orçamento da prefeitura, relativo a destinação de parte da verba de publicidade que detém para divulgação de institucionais e demais atos públicos do governo.

Além disso, manifestou apoio integral ao fórum proposto e a criação do Conselho Municipal de Comunicação como instrumento de políticas de interesse social da comunidade porto-alegrense.

 

SEMINÁRIO COMUNICAÇÃO EM PAUTA

 

A Secretaria de Comunicação e Inclusão Digital (SECOM) realizou, durante os dias 5 e 6 de abril, o III Seminário Comunicação em Pauta: Financiamento da Comunicação Pública. Coordenado pela diretoria de políticas públicas, o encontro teve como objetivo debater propostas para garantir o financiamento e a sustentabilidade de comunicação pública e comunitária no Rio Grande do Sul. 

O Seminário foi realizado no Hotel Continental (Largo Vespasiano Julio Veppo, nº 77, Centro, Porto Alegre) e oportunizou o debate das principais questões que envolvem a sustentação da comunicação pública. A iniciativa contou com a presença da Fundação Cultural Piratini, Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária (ABRAÇO/RS) e Associação Brasileira de Canais Comunitários (ABCCOM). 

 

A POATV, a TV Porto Alegre, fez a cobertura do evento com exclusividade e você confere as entrevistas no link abaixo: https://youtu.be/oVxoY2q0ShY


 

Jornalista contribui com a superação das metas da AACD na campanha do Teleton

Atuante nas campanhas institucionais de relevância para a comunidade a TV Porto Alegre, POATV, por intermédio do programa Norte em Ação, exibido diariamente na emissora, no quadro Ação Solidária, apresentado pelo jornalista, radialista e coordenador-geral da emissora, Cláudio Cezar Freitas (foto), recebem o agradecimento da AACD (Associação de Assistência da Criança Deficiente) através de ofício registrado, enviado pela entidade, e assinado pelo seu presidente Eduardo de Almeida Carneiro conjuntamente com o superintendente de Marketing e Captação de Recursos Ângelo Franzão.

 A campanha deste ano ultrapassou em 11,7% as contribuições levantadas em 2010, perfazendo um total de R$ 26.802.633,00. O excelente resultado vai possibilitar a construção de mais dois centros de reabilitação da AACD no país, fato inédito em toda história do Teleton no Brasil.

   DENARC homenageia jornalistas gaúchos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na manhã do dia 27 de dezembro de 2013, na sede central do DENARC (Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico), em Porto Alegre, foram recepcionados membros da imprensa gaúcha. O evento promovido pelo órgão da polícia civil do estado do Rio Grande do Sul consagrou o trabalho jornalístico realizado por integrantes da comunicação televisiva, radiofônica e impressa, no estado, com a entrega de medalhas e diplomas oficialmente produzidos e registrados pelo órgão. 

 Entre as coirmãs do segmento televisivo, a POATV, representada pelo jornalista Cezar Freitas, atual presidente da emissora, recebeu o prêmio de destaque concedido pelo DENARC, bem como o programa local que apresenta: Norte em Ação.

A POATV, canal 6 NET, com distribuição simultânea através da rede mundial e do sistema móvel eletrônico digital, presta serviços de utilidade pública e, de relevância para comunidade, apoiando o trabalho da polícia civil especialmente no combate ao uso de drogas e nas ações de ordem preventiva.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na foto acima, Del. de Pol. Heliomar Franco   Diretor da Divisão de Investigações do Narcotráfico (Dinarc), Jornalista Cezar Freitas da POATV, del. Pol. Joel de Souza Oliveira -  Diretor do Denarc, Del. Pol. Sônia Maria Dall'Igna - Diretora da Divisão de Prevenção e Educação (DIPE) e o Del. de Pol. João Carlos da Luz Diogo - Diretor da Divisão de Assessoramento Especial (DAE).  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na foto acima, Ellen Doris Wolff Dick ( jornalista e Comissária de Policia,Coordenadora de Comunicação, do Serviço de Comunicação Social do Denarc ); Cezar Freitas ( presidente e coordenador-geral da POATV) e Del. Pol. Sônia Maria Dall'Igna - Diretora da Divisão de Prevenção e Educação (DIPE).

                                                                                                                                                                           Fotos: Ellen Wolff e Neusa Silva

ENTREGA DE COMENDAS E DESCERRAMENTO DE PLACAS NO BANCO DE ALIMENTOS.

Na manhã, do dia 17 de dezembro, uma comitiva da Rede Banco de Alimentos do Rio Grande do Sul recebeu, em sua sede na capital, o jornalista Dr. Cezar Freitas juntamente com sua esposa Neusa. O momento foi destinado a entrega de duas comendas, uma placa em homenagem ao jornalista presidente da POATV  e Associação Zona Norte, uma placa em homenagem a emissora sob sua responsabilidade.

 O evento contou com a participação de diversas personalidades do Banco de Alimentos, entre elas o presidente da Rede Banco de Alimentos e Diretor Superintendente dos Bancos Sociais da FIERGS ( Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul) , Dr. Paulo Renê Bernhard, e do presidente do Banco de Alimentos, da capital gaúcha, Dr. Antônio Parissi.

Em seu discurso, Dr. Paulo René falou sobre a importância do apoio recebido pela rede por meio dos homenageados, que há muito realizam movimentos de solidariedade para com a entidade e seus assistidos. Destacou o empenho e o interesse nas causas sociais de relevância humana, inclusive, na divulgação das publicidades institucionais que são veiculadas na emissora sob sua supervisão.

 Dr. Cezar, presidente e coordenador-geral de jornalismo da POATV, agradeceu imensamente pela honraria destinada a ele, a esposa e a emissora, destacando o papel da imprensa nessas ações e, da família que se integra socialmente aos princípios da generosidade humana.   

 Além disso, um almoço especial foi servido no refeitório do Banco de Alimentos e,  realizada uma cobertura exclusiva, nas dependências da entidade, que pode ser assistida no VT que segue abaixo.

 

https://www.facebook.com/video.php?v=702486839849084&set=vb.100002633224107&type=2&theater

   Jornalista gaúcho recebe prêmio da LBV

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Programa  Norte  em   Ação  exibido diariamente no  canal 6  da  NET, na POATV, recebe mais um prêmio em reconhecimento  pelo  trabalho  realizado  para  sua  comunidade, em especial nas ações sociais.  

Na foto acima,o jornalista e apresentador do   programa, Dr. Cláudio  Cezar Freitas, ao lado da gerente  administrativa da LBV / POA, RS, Ana Paula Campos, junto às crianças assistidas pelos projetos da entidade, recendo o troféu “Amigos de Boa Vontade, em  26 de maio de 2010.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Assista ao programa Especial:

 

https://youtu.be/VhsAHWAlgg8

 

POATV  reivindica inclusão de TVs voltadas à

        Comunidade no orçamento da União

 

Em audiência pública na  Comissão de Direitos Humanos, Senado Federal, Brasília ( DF), o presidente e coordenador-geral da Poatv, Dr. Cláudio Cezar Freitas, reivindicou inclusão no orçamento da União das TVs  públicas  não-estatais, voltadas à comunidade. Citou  o exemplo  do Estado  do  Rio Grande do Sul que já contempla  este  segmento  dentro de seu orçamento. Durante  o  pronunciamento  que  aconteceu na segunda-feira  ( 26/11/2013), com  transmissão  simultânea pela  TV  Senado  para  todo  Brasil, ele destacou o apoio  que  recebeu  das  TVs:  Porto Alegre, Santa Maria, Novo Hamburgo, Pelotas e Santa Cruz.

 Assista:

https://youtu.be/hCU1qV2s6cs

 

Prêmio CNI de jornalismo

 

  Os vencedores nas 13 categorias da terceira edição do Prêmio CNI de Jornalismo foram anunciados na noite de terça-feira, 29 de julho de 2014,em Brasília, e receberam R$ 310 mil em valores brutos. Ao todo, a premiação contou com 579 trabalhos inscritos, sendo que 36 concorreram na etapa final. As melhores reportagens de tv, rádio, revista, jornal e internet (sites e blogs), levaram R$ 25 mil cada.


Os ganhadores nas categorias regionais (Sul, Norte, Centro-Oeste, Sudeste e Nordeste), por sua vez, receberam R$ 15 mil. Também foram entregues dois prêmios especiais, Educação e Inovação, em que cada vencedor recebeu R$ 30 mil. Por último, o melhor entre todos os trabalhos inscritos foi agraciado com o Grande Prêmio José Alencar de Jornalismo, além de R$ 50 mil.


O reconhecimento nas áreas de Educação e Inovação e com o Grande Prêmio José Alencar de Jornalismo vai além. Os vencedores destas categorias também receberão uma bolsa de estudos para o curso de Gestão Estratégica para Dirigentes Empresariais. O curso é ministrado em Fontainebleau, na França, pela escola de negócios Insead, em parceria com o Instituto Euvaldo Lodi (IEL).

 

 A Poa TV, também, se fez presente no evento através de seu presidente Dr. Cezar Freitas. Ele destacou a importância da emissora participar de premiações que contemplam todo principal universo midiático do país. Disse que “ o simples fato de concorrer com as mais importantes televisões do Brasil fortalece o aprendizado e projeta a TV Porto Alegre, emissora local, em todo cenário nacional”, concluiu.

Campanha de Natal da LBV

Revista LBV

 

“O nosso objetivo é transmitir o bom exemplo para que ele se replique, especialmente quando se fala em Natal permanente, que é estar todos os dias pensando no próximo com o carinho com que Jesus pensou em todos nós.”

( Dr. Cláudio Cezar Freitas, jornalista e presidente da TV Porto Alegre.)

Assista: https://youtu.be/M4CsCFXEFrk

 

 A Legião da Boa Vontade (LBV) é uma entidade brasileira de assistência social. Os seus dirigentes também mantêm programação de rádio (Super Rede Boa Vontade de Rádio) e televisão (Boa Vontade TV) e atividade religiosa própria.

A LBV foi fundada oficialmente em 1º de janeiro de 1950, no Rio de Janeiro, Brasil, por Alziro Zarur. Ele presidiu a entidade até 1979, quando faleceu. José de Paiva Netto é o atual Diretor-Presidente.

A instituição também está presente em Portugal, Argentina, Bolívia, Paraguai, Estados Unidos e Uruguai.

 

A preocupação das LBVs, desde seus primórdios, em criar fortes canais de comunicação para disseminar o ideal de Fraternidade Real impulsionou sua expansão. No dia 25 de março de 1995, a potência militante e mobilizadora da Comunicação 100% Jesus ganha ainda mais força ao responder positivamente ao desafio que o jornalista, radialista e escritor Paiva Netto lançou aos jovens comunicadores, sob o nome de Operação Jesus.

A proposta, que unificou todos os meios de comunicação da Boa Vontade e ampliou o alcance de seus transmissores, intensificou ainda mais a divulgação do caráter ecumênico de Jesus, compreendido e analisado pelas LBVs como referência solidária e vanguardeira que trouxe inovações inclusive na área de comunicação social, introduzindo um novo entendimento sobre o respeito, a diversidade e o direito de todos à voz.

Secom renova compromisso com TVs Com. do Rio Grande do Sul

 Em Santa Maria, RS, meados de junho ( 2012), estiveram reunidos representantes de TVs Comunitárias num encontro promovido pela Secom (Secretaria de Comunicação e Inclusão Digital) para tratar do apoio ajustado com a diretora de políticas públicas Cláudia Cardoso. A proposta consistia em distribuir entre as emissoras do campo público não-estatal uma verba mensal e proporcional para veiculação dos institucionais do governo.

A Diretoria de Políticas Públicas é responsável pela formulação e desenvolvimento de ações que incentivem a produção e difusão de informações na sociedade. Assim, estabelece relações com emissoras de rádio e TV comunitárias e veículos segmentados, buscando apoiá-los no seu desenvolvimento; e promove o debate sobre comunicação junto à sociedade, no sentido de que os cidadãos possam informar e serem informados. As Políticas Públicas de comunicação buscam ainda garantir o direito humano à comunicação com ações que considerem a diversidade racial, étnica, de gênero, geracional e com o olhar para a acessibilidade universal.

Nesse sentido, os participantes do encontro manifestaram engajamento e pertinência às diretrizes propositivas da Secom. Porém, revelaram dificuldades em avançar com essas proposições sem a devida contrapartida. Embora, tenha sido aprovado no legislativo gaúcho um percentual do orçamento para aplicação nesse segmento, isso só passará a vigorar no ano que vem. Situação que preocupa boa parte dos dirigentes dessas emissoras.

Outro ponto, levantado pela plenária foi o sistema de rede riograndense de comunicação comunitária. Cláudio Cezar Freitas, coordenador-geral da Poatv, manifestou-se favorável à criação da rede, considerando o possível fortalecimento das emissoras desse campo que passariam a ganhar expressão política estrategicamente interessante.

Na foto acima, o registro do encontro dos dirigentes da TV Porto Alegre, TV Santa Maria, TV Santa Cruz, TV Caxias com a diretora Cláudia Cardoso da Secom, RS.

 

CONTATOS IMEDIATOS NO PLANALTO CENTRAL

Na segunda semana de junho, entre os dias 10 e 13, de 2013, esteve em Brasília, Distrito Federal, o presidente e coordenador-geral da POATV, Dr. Cezar Freitas. Ele reuniu-se, na sede central, com o engenheiro e coordenador do BNDES – Banco Nacional do Desenvolvimento, Joselito Bonifácio Oliveira, para falar sobre financiamento destinado a expansão da emissora. As orientações e a receptividade do anfitrião, durante a audiência, reforçaram os aspectos sociais da instituição financeira. Indicando-lhes como primeiro passo o encaminhamento de uma ‘carta consulta’ avaliativa do projeto pretendido.

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), empresa pública federal, é hoje o principal instrumento de financiamento de longo prazo para a realização de investimentos em todos os segmentos da economia, em uma política que inclui as dimensões social, regional e ambiental.

Desde a sua fundação, em 1952, o BNDES se destaca no apoio à agricultura, indústria, infraestrutura e comércio e serviços, oferecendo condições especiais para micro, pequenas e médias empresas. O Banco também vem implementando linhas de investimentos sociais, direcionados para educação e saúde, agricultura familiar, saneamento básico e transporte urbano.

O apoio do BNDES se dá por meio de financiamentos a projetos de investimentos, aquisição de equipamentos e exportação de bens e serviços. Além disso, o Banco atua no fortalecimento da estrutura de capital das empresas privadas e destina financiamentos não reembolsáveis a projetos que contribuam para o desenvolvimento social, cultural e tecnológico.

Em seu Planejamento Corporativo 2009/2014, o BNDES elegeu a inovação, o desenvolvimento local e regional e o desenvolvimento socioambiental como os aspectos mais importantes do fomento econômico no contexto atual, e que devem ser promovidos e enfatizados em todos os empreendimentos apoiados pelo Banco. Especificamente o Banco , ainda, apresenta o programa ‘PROTVD-Fornecedor’, com o seguinte objetivo: apoiar os investimentos de empresas produtoras de software, componentes eletrônicos, equipamentos e infraestrutura para a rede de transmissão, equipamentos de recepção e equipamentos para produção de conteúdo relacionados ao SBTVD-T.

‘PROTVD – Radiodifusão’, para apoiar os investimentos de empresas de radiodifusão (geradoras, transmissoras e retransmissoras) relacionadas à implementação do SBTVD-T, e ao período de transição.

‘PROTVD- Conteúdo’, para estimular a produção digital de obras de audiovisual para TV pelas emissoras e produtoras independentes, de modo a aumentar a participação do conteúdo nacional na grade de programação das emissoras.

Na visita subsequente, Dr Freitas esteve no Ministério da Cultura  tratando de apoios por meio dos ‘Pontos e Pontões de cultura’ para fomento das ações institucionais em prol da qualificação e desenvolvimento das emissoras voltadas à comunidade.

O programa promove o estímulo às iniciativas culturais da sociedade civil já existente, por meio da consecução de convênios celebrados após a realização de chamada pública.

A prioridade do programa são os convênios com governos estaduais e municipais, além do Distrito Federal, para fomento e conformação de redes de pontos de cultura em seus territórios.

Atualmente, as redes estaduais abrangem 25 unidades da federação e o Distrito Federal. Já as redes municipais estão implementadas, ou em estágio de implementação, em 56 municípios.

 Após, Dr Cláudio Cezar esteve reunido com Octávio Pieranti, diretor de acompanhamento e avaliação em Serviços de Comunicação Eletrônica – Ministério das Comunicações, para tratar dos aspectos de implantação da TV Cidadania na capital e nos demais municípios do Rio Grande do Sul, atendendo as reivindicações dos associados da ABCCOM / RS – Rede Sul de Comunicação, entidade recentemente fundada e presidida pelo também representante da POATV, Dr. Cláudio Cezar Freitas.

Octavio Pieranti, diretor do Departamento de Acompanhamento e Avaliação da Secretaria de Serviços de Comunicação Eletrônica do MiniCom desde maio de 2012, nasceu na cidade do Rio de Janeiro, em 1981.

Graduado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ (2003), é mestre em Administração Pública pela Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas da FGV (2005) e doutor em Administração pela mesma instituição (2009).

Desde 2007, é titular de cargo efetivo de especialista em Regulação de Serviços de Telecomunicações da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Foi chefe de Gabinete da Presidência da Empresa Brasil de Comunicação (2010-2011) e coordenador-geral de TV e Plataformas Digitais da Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura (2009-2010).

 É autor/organizador de quatro livros: "O Estado e as Comunicações no Brasil: Construção e Reconstrução da Administração Pública", "Democracia e Regulação dos Meios de Comunicação de Massa", "Políticas Públicas para Imprensa e Radiodifusão" e "Estado e Gestão Pública".

No MiniCom, de 2011 até assumir o DEAA, era coordenador-Geral de Radiodifusão Comunitária.

Em seguida, Dr. Cezar Freitas esteve em audiência com o técnico em regulação, Yuri Gomes, e analista de regulação, André Garrett, da ANCINE – Agência Nacional do Cinema, para tratar dos aspectos legais e regulatórios sob a égide da Lei 12.485. A reunião transcorreu de modo proativo atendendo as expectativas dos visitantes, ainda mais, que durante o encaminhamento foi sugerido uma reunião com o atual presidente da ANCINE, Manoel Rangel, no escritório central, Rio de Janeiro. 

 Criada em 2001 pela Medida Provisória 2228-1, a ANCINE – Agência Nacional do Cinema é uma agência reguladora que tem como atribuições o fomento, a regulação e a fiscalização do mercado do cinema e do audiovisual no Brasil. É uma autarquia especial, vinculada desde 2003 ao Ministério da Cultura, com sede e foro no Distrito Federal e Escritório Central no Rio de Janeiro.

A ANCINE é administrada por uma diretoria colegiada aprovada pelo Senado e composta por um diretor-presidente e três diretores, todos com mandatos fixos, aos quais se subordinam cinco Superintendências: Acompanhamento de Mercado, Desenvolvimento Econômico, Fiscalização, Fomento e Registro, além da Secretaria de Gestão Interna e da Superintendência Executiva.

Além do seu Escritório Central, localizado no Centro do Rio de Janeiro, a ANCINE conta com mais dois escritórios regionais, sendo um em Brasília e outro em São Paulo.

 A missão institucional da ANCINE é induzir condições isonômicas de competição nas relações dos agentes econômicos da atividade cinematográfica e videofonográfica no Brasil, proporcionando o desenvolvimento de uma indústria forte, competitiva e auto-sustentada. Encerrado o ciclo de sua implementação e consolidação, a ANCINE enfrenta agora o desafio de aprimorar seus instrumentos regulatórios, atuando em todos os elos da cadeia produtiva do setor, incentivando o investimento privado, para que mais produtos audiovisuais nacionais e independentes sejam vistos por um número cada vez maior de brasileiros.

 

POATV na velocidade da luz

 Na manhã do dia 6 de junho ( 2013), a equipe técnica da NET instalou o cabo de fibra óptica para transmissão da programação da POATV com qualidade total. Os esforços da coordenação-geral no sentido de qualificar gradativamente os aspectos técnicos da emissora culminaram com uma parceria importante com a operadora.

 As tratativas para a nova implantação giraram em torno da melhoria do sinal entregue no headend (cabeça de rede) e na substituição dos equipamentos de transmissão e recepção para fibra óptica.

 Durante o período de aquisição e preparação para migração ao novo sistema, vários ajustes foram realizados para compensar o investimento bastante significativo que serviu como ‘divisor de águas’, declarou Dr. Cezar Freitas, presidente e coordenador-geral da POATV. Ele, ainda, enfatizou que a emissora de televisão do campo público não estatal passou a transmitir sua programação na velocidade da luz e, com muita qualidade.

 A expectativa gerada junto aos colaboradores em geral da estação transmissora de programas televisivos foi muito proativa e provocou um clima de realização com a meta atingida, destacou o presidente.

 Na foto acima: Adair Rodrigues, Dr. Cezar Freitas, João Daniel Gauer e Fábio Pinheiro nas dependências da POATV. A conclusão da implantação do novo sistema ocorreu no dia 19 de junho.     

 

Fibra Óptica

Desde que foram desenvolvidas, as fibras ópticas representaram uma revolução na forma de transmitir informações. A fibra óptica vem sendo utilizada para transmitir voz, televisão e sinais de dados por ondas de luz, por meios de fios finos e flexíveis, constituídos de vidro ou plástico que, comparados com fios metálicos, apresentam inúmeras vantagens.                             

 

Curiosidade

 

Em 1675, o astrônomo Roemer, através de suas observações astronômicas sobre o período de revolução de uma das luas de Júpiter, obteve a primeira verdadeira indicação de grandeza para a velocidade da luz. Em 1849, o físico francês Fizeau fez a primeira medição não astronômica da velocidade da luz, depois aperfeiçoada pelo também físico Foucault em 1850 e, entre 1880 e 1930, pelo físico Michelson.

Mas muito antes destes outros físicos, Galileu fez a primeira tentativa de medir a velocidade de propagação da luz. O experimento funcionou da seguinte maneira: Galileu e seu assistente foram até o topo de duas colinas, com uma distância de aproximadamente uma milha, cada um munido com uma lanterna e um anteparo para cobrí-la. A intenção de Galileu era medir o tempo necessário para a luz percorrer o dobro da distância entre os observadores. Ele então pensou: o observador A descobriria sua lanterna e o observador B, quando visse a luz da lanterna do observador A, descobriria a sua. O tempo inicial de A e sua visão da luz de B seria o tempo necessário para a luz ir e vir entre os dois observadores. Mas Galileu não conseguiu, com isto, obter nenhum valor para a velocidade da luz, porque a velocidade dela é tão grande que o intervalo de tempo para ser medido é muito menor que as flutuações do tempo de resposta dos observadores.                                                      

A teoria eletromagnética de Maxwell, em que ele trata a luz como uma onda eletromagnética, não envolve diretamente a luz. Ele descreve que a velocidade de uma onda eletromagnética no vácuo está relacionada a uma constante elétrica, que pode ser determinada por uma medida da capacitância de um capacitor de placas planas e paralelas, e uma constante magnética, que está relacionada com a unidade Si de corrente elétrica.

Precisamente, esta velocidade é de 299 792 500 m/s. Para a maioria das aplicações práticas, esse número é aproximado para 300 000 000 m/s.

Princípio de funcionamento

A luz se propaga no interior de uma fibra óptica fundamentada na reflexão total da luz. Quando um raio de luz se propaga em um meio cujo índice de refração é n1 (núcleo) e atinge a superfície de um outro meio com índice de refração n2 (casca), onde n1>n2, e desde que o ângulo de incidência (em relação à normal) seja maior ou igual ao ângulo crítico, ocorrerá o que é denominado de reflexão total, do que resulta o retorno de raio de luz ao meio com índice de refração n1.

A luz é injetada na fibra por uma de suas extremidades sob um cone de aceitação, em que este determina o ângulo por que o feixe de luz deverá ser injetado, para que ele possa de propagar ao longo da fibra óptica.

A composição básica de fibras ópticas é de materiais dielétricos com uma estrutura cilíndrica, composta de uma região central, que denominamos núcleo, que é por onde a luz trafega, e uma região periférica, denominada casca, que envolve completamente o núcleo.

Sistemas de comunicação

O sistema de fibras ópticas é constituído por três blocos básicos:

  • Bloco Transmissor

  • Bloco Receptor

  • Bloco do Meio Físico

O Bloco Transmissor possui a função de transformar o sinal elétrico em óptico, sendo constituído por dois componentes básicos: o circuito driver e circuito emissor de luz. O circuito driver possui a função controle de polarização elétrica e emissão de potência óptica.

O circuito emissor de luz é responsável pela conversão e a emissão do sinal óptico. O bloco receptor possui a função inversa do bloco transmissor, ou seja, detecta o sinal óptico e o converte para elétrico. É constituído por um fotodetector que realiza a conversão optoelétrica e por um circuito amplificador-filtro, onde o sinal recebe um tratamento adequado para a leitura. O meio físico, composto pelas fibras ópticas é um guia, em cujo interior a luz trafega, desde a extremidade emissora até a extremidade receptora.

 

Emissora local ingressa com pedidos para inserção de sua programação nas demais operadoras de TV

  A POATV encaminhou solicitação para adequação técnica e inserção de sua programação no empacotamento e carregamento nas demais operadoras.

O coordenador-geral Cláudio Cezar Freitas juntamente com sua assessoria jurídica, elaborou documento embasado na Lei 12.485, de 12 de setembro de 2011, art. 32, inciso VIII, para cumprimento legal e obrigatório da distribuição do conteúdo dos canais deste segmento.

 O objetivo da emissora é ampliar a entrega do conteúdo a um número maior de espectadores, além da NET que transmite a programação desde 1996, a GVT, Claro, Oi,Vivo e Sky foram acionadas para dar esclarecimentos a cerca das condições e viabilidade técnica para o processo de transmissão do sinal.

 Os pedidos foram enviados no mês de abril de 2012, logo que se extinguiu o período de regulamentação.

Concomitantemente a preparação do documento da emissora, em março, o Ministério das Comunicações publicou a Portaria de nº 265 para promover consulta pública e regular outra possibilidade de veiculação de conteúdo local, por meio do canal da cidadania.  “Creio que com isso avançaremos para o sinal digital aberto, afora todo sistema de transmissão a cabo e por satélites já garantidos pela nova Lei; por outro lado, verificou-se a necessidade de alteração do estatuto da emissora“, destacou o coordenador-geral Cezar Freitas.

 A POATV estação transmissora de programas de televisão porto-alegrense dedica-se em garantir o exercício da mais ampla democracia, assegura liberdade de expressão aos representantes associados e exibidores, busca o desenvolvimento dos serviços televisivos, promove a participação da sociedade e do respectivo interesse público. “Temos uma emissora com característica local, voltada à comunidade, em pleno exercício democrático, mas é bom lembrar que para preservar a democracia existem direitos e deveres; usos, costumes, leis e regulamentos,” alerta Cezar da POATV.      

   

Projeto de patrocínio busca parte dos 20 milhões destinados à publicidade do governo RS

SECOM Estadual recebe dirigentes de Televisões locais no palácio Piratini

  Na manhã da quarta-feira (14/03/12) foram recebidos na Secretaria de   Comunicação  (SECOM/ RS)   os  representantes   Cláudio Cezar Freitas (D),   POATV / ABCCOM, e Airton Amaral (E), TV Santa Maria. A  recepção da comitiva foi feita pelo diretor- geral Luciano Ribas (C).

Na reunião agendada foram discutidas formas de parceria das televisões locais, voltadas à comunidade, com o governo do Estado. O objetivo da  comitiva  é  buscar  parte dos 20 milhões  destinados à publicidade do governo para esse segmento televisivo. Cezar Freitas, coordenador-geral   da  TV Porto Alegre (POATV)  e secretário-geral da ABCCOM ( Associação   Brasileira   dos Canais Com.), entregou o projeto de patrocínio ao diretor-geral sob protocolo.

 Após uma série de articulações em prol da liberação destes recursos Claudia Cardoso, diretora de Políticas Públicas da SECOM-RS, anunciou na manhã do dia 23/05 que a partir de julho eles serão destinados em parte às emissoras cadastradas; uma verba mensal a ser definida, dividida de maneira igualitária.

Outro ponto, levantado por Cláudia foram às ações da Diretoria de Políticas Públicas, no ano de 2012, que dedica sua atuação ao eixo Educação. Isso implica em esforços para a realização de cursos de formação para a mídia, tanto para quem já atua em comunicação, seja privada, seja pública, como para sujeitos de outros segmentos da sociedade interessados no tema, através de parcerias a serem firmadas com instituições públicas e privadas, bem como estão operando na transversalidade com outras Secretarias de Estado.