top of page

Vai pegar estrada no feriado? Sete dicas de como lidar com condições adversas nas estradas


Chuva forte, neblina e baixa qualidade da via são algumas das situações desafiadoras para as quais é bom se preparar

Com a chegada do 7 de Setembro, milhões de pessoas aproveitam o feriado para pegar a estrada e passear — ou descansar — em outras cidades. Para garantir uma viagem segura e tranquila, é fundamental fazer uma revisão básica no veículo. “É essencial que seja sempre checado o nível de água e óleo do veículo, funcionamento dos freios, faróis e suspensão, estado dos pneus, piscas, lanternas e faróis, além dos documentos do veículo e da habilitação”, diz Brendon Rodrigues, Head de inovação e portfólio na ValeCard, empresa especializada em soluções de gestão de frotas. “Essas são medidas básicas que devem ser sempre priorizadas antes de uma viagem, porém é importante se preparar para eventualidades como condições climáticas, má iluminação, excesso de calor, baixa qualidade da via e até mesmo excesso de velocidade”. Mas, além disso, é prudente se preparar para lidar com imprevistos ou situações desafiadores durante os trajetos. Veja, abaixo, dicas do especialista da ValeCard de como lidar com as principais condições adversas na estrada, para o seu bem e da sua família e amigos: 1 – Chuva forte Quando chove, ocorre o aumento da incidência de poças de água, podendo ocasionar uma aquaplanagem. Além disso, a visibilidade da estrada pode ficar prejudicada. Por isso, todo cuidado é pouco. Infelizmente, não é possível definir qual tipo de chuva é a mais perigosa. Pois as tempestades, chuvas de granizo ou as mais finas têm seus perigos. Desse modo, o recomendado é sempre manter a velocidade baixa, não usar pneus desgastados e nem deixar de fazer o alinhamento e balanceamento do veículo. 2 – Baixa qualidade da via Quando a via está cheia de buracos, mal pavimentada ou mal sinalizada, os riscos aumentam, infelizmente. Por isso, o ideal é diminuir a velocidade, redobrar os cuidados e ter atenção ao desviar dos buracos, sempre se atentando ao fluxo de carros na via. 3 – Animais e objetos na pista Muitas pessoas usam sinais sonoros ou farol alto para afastar animais na pista ao dirigir na estrada, mas essas atitudes podem assustá-los. O ideal é reduzir a velocidade, sempre sinalizando para que os outros motoristas da rodovia fiquem atentos e evitem colisão traseira. O mesmo se aplica a objetos na pista. Não desvie inesperadamente, isso pode fazer com que você perca o controle da direção. Use o pisca alerta para sinalizar aos demais motoristas antes de desviar. 4 – Dificuldades para a ultrapassagem Responsável por grande parte das colisões frontais em acidentes nas estradas, a ultrapassagem pode ser desafiadora, principalmente em vias de mão dupla e pista única, e deve ser feita utilizando sinalização e em locais permitidos, ou seja, onde a sinalização horizontal é tracejada. É fundamental ter visibilidade, por isso não ultrapasse em curvas. 5 – Excesso ou falta de claridade Tanto o excesso quanto a falta de claridade comprometem a visibilidade do motorista. Por isso, dirigir com os faróis na luminosidade certa é muito importante. Assim, o cuidado deve ser redobrado em qualquer tipo de pista. O mais indicado é manter o foco na sinalização pintada na pista, pois assim é mais difícil perder o controle da direção e levar o veículo para o acostamento ou para a pista do sentido contrário. 6 – Neblina ou fumaça Presente nos dias mais frios, bem no começo da manhã e mais frequentes nos meses de maio a julho, a neblina é um fenômeno natural. Ela é o resultado da diferença de temperatura entre o ambiente e o solo. Por isso, é comum se deparar com ela nas estradas. O recomendado para esse tipo de situação é usar o farol baixo para conseguir enxergar a estrada e facilitar que os outros condutores possam ver o seu veículo. Outra dica é usar faróis de neblina nos veículos. Já para a fumaça, que também é comum se encontrar nas estradas, por causa dos incêndios, o recomendado é reduzir a velocidade e manter a direção em farol baixo. 7 – Cansaço e distração Uma das condições adversas mais ignoradas pelos condutores é também uma das mais importantes. Tenha sempre atenção à sua condição física antes de dirigir. Nosso corpo não é uma máquina e precisa de alimentação, lazer e descanso para funcionar bem. Ao ignorar os sinais que nosso corpo nos dá, colocamos nossa vida e segurança pessoal em risco. Fique de olho! Se alimente corretamente antes de dirigir. Durma a quantidade de horas suficientes e sempre descanse bem. Pegar o volante sem estar em condições físicas não é uma boa ideia.


Fonte: Ruhama Rocha

#claudiocezarfreitas #drclaudiocesar.net



 




CURSO DE MARKETING DIGITAL









CURSO DE MARKETING PESSOAL








LIVROS DIGITAIS









COMPRE EM NOSSA LOJA | PARCEIRO

MAGALU|

MAGAZINE LUIZA & MAGAZINE X GERAL

" Tem na minha Loja, o produto que você procura!"





ANUNCIE AQUI | PROMOÇÃO 50%




5 visualizações0 comentário
bottom of page